EdUERJ lança livro com reflexões sobre a formação de professores

O caminho para uma sociedade mais igualitária passa necessariamente por valorizar a profissão do professor. A experiência em sala de aula, vital para todos, é objeto de estudo de Formação de professores para uma educação plural e democrática (EDUERJ, 2019), organizado por Luiz Fernando Conde Sangenis, Elaine Ferreira Rezende de Oliveira e Heloísa Josiele Santos Carreiro. O lançamento ocorre na quarta-feira, 21 de agosto, às 17h30, na Livraria da EdUERJ.

A publicação propõe um debate sobre a prática docente e as políticas educacionais na América Latina, com um olhar em sintonia com a agenda atual da pesquisa em educação. Entre os assuntos tratados estão a dificuldade de formar um professor no Brasil; a escrita de memórias; a politização da escrita acadêmica; as vozes dos professores indígenas; as relações raciais e a formação continuada de professores; educação ambiental e o contexto latino-americano; os movimentos sociais e as escolas, e a questão da sexualidade na perspectiva do currículo, entre outros.

A obra é fruto da celebração de vinte anos do Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão Vozes da Educação: Memória(s), História(s), Formação de Professores. Os capítulos foram escritos por pesquisadores do Brasil e da América Latina que participaram do evento comemorativo realizado na Faculdade de Formação de Professores (FFP), campus da UERJ em São Gonçalo. Vale ressaltar que o livro integra a coleção Pesquisa em educação, que já tem vários outros títulos publicados pela EdUERJ.

Então está combinado: Lançamento de Formação de professores para uma educação plural e democrática – na quarta, 21 de agosto, às 17h30, na Livraria da EdUERJ.

Aguardamos você!

Share this post
  , , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *