Autor comenta a capa do livro Violência das Letras

No dia 25 de julho, a Editora da UERJ lançou, na Blooks Livraria, o livro “Violência das Letras”, de César Braga-Pinto. Durante o evento, o autor expôs a proposta da obra:

Umas das perguntas que o livro faz é como um país que sempre foi dividido socialmente, atipicamente, racialmente, ia se imaginar como uma nação harmônica de alguma maneira.

No decorrer do debate, que contou com a presença do professor Paulo Roberto de Souza Dutra (da Stephen Austin University), César Braga-Pinto falou sobre a capa do livro, que contém uma foto dos escritores Cruz e Souza e Oscar Rosas.

A foto ao que parece é de 1888, o ano da abolição. Então… para mim, me parece muito sintomático ou simbólico, ver este aperto de mão entre um homem branco e um homem negro e famosos nesse momento fazendo quase uma conciliação, digamos. Mas é uma conciliação meio estranha, porque o Cruz e Souza parece estar olhando para o Oscar, mas este não está exatamente olhando nos olhos, existe uma certa dissimulação. O mais interessante é que a foto está rasgada no meio. Então, qual é a história dessa foto? Isso não sabemos. Quem rasgou? Qual foi a briga?

Ainda sobre a imagem da capa, o pesquisador lembrou que a foto era utilizada como cartão de visitas, uma prática comum na época e que existe uma cópia desta foto, intacta, na Casa de Ruy Barbosa. Contudo, considerou que a versão danificada  combinava mais com o tema de Violência das letras.

Outra curiosidade é que a havia duas dedicatórias em seu verso:

Uma do Cruz e Souza e outra do Oscar Rosas. As duas para a esposa do Oscar Rosas, então, existe um triângulo aqui meio curioso também entre os três, que são alguns dos temas que eu trabalho no livro.

O autor agradeceu ao Mauro Siqueira, da EdUERJ, que se animou desde o início com a escolha da imagem. Júlio Nogueira, designer da EdUERJ, foi o responsável por transformar a ideia em realidade e nos relatou como produziu a capa:

O professor sugeriu a imagem da capa que sofreu pouquíssimas alterações. Apenas o necessário para permitir a leitura das informações mais importantes. A ideia foi utilizar a letra “X”, que normalmente representa o confronto entre adversários esportivos, passando pelo aperto de mão entre os dois escritores representados na foto. Em primeiro plano, o destaque ficou para o título do livro.

O próximo lançamento de Violência das Letras será no dia 04 de agosto, na editora Tapera Taperá, em São Paulo. Na ocasião, haverá debate com César Braga-Pinto, a crítica literária Rita Palmeira e Leonardo Tonus, professor da Sorbonne Université.

 

Confira no vídeo abaixo um trecho do lançamento

Share this post
  , , , , , , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *